Páginas

sexta-feira, 24 de maio de 2013

PARADOXE

(Tradução abaixo com adaptações)

I look
of the taller tower
my shorter temper

I walking on the wider freeways
but have narrower viewpoints

I'm the human paradoxe
spending more to have less
buying more to enjoy less

I know the stairs
but avoid crossing
 the narrower street of my solitude

I'm master of outer spaces
but unknow my inner space
I forgot to understand my own heart

Moon and stairs
are near of me
but my fellow creature
live in a space shuttle

thousands informations recruit my neurons
but don't know anything  of my deep silence
but don't know anything about my pain
but don't know anything about the homelees street kid
who tries to seel me a bag of cookies

It's time of selfish souls
arrested in the ignorance
of their ways of life.
                          

                                            Gilberto Felinto.


O PARADOXO

EU olho
da mais alta torre
meu temperamento irascível

EU caminho na mais larga via
mais tenho pontos de vista estreitos

EU sou o paradoxo humano
comprando mais para ter menos
gastando mais para aproveitar menos

EU conheço as estrelas
mas evito atravessar a estreita rua de minha solidão

EU sou mestre dos espaços mais longínquos
mas desconheço meu espaço interior

EU esquecí de entender meu próprio coração
Lua e estrelas são minha morada
mas meu próximo é um ET  viajando anos- luz
no espaço interestelar

É tempo de almas egoístas
presas na ignorância
de seus modos de vida.
                                
                                                 Gilberto Felinto

Nenhum comentário:

Postar um comentário